São, São Paulo


Nunca gostei de computador, eu era daquelas que achava que “as máquinas vão substituir os humanos”. E substituíram. E hoje não vivo sem.

Nunca achei que ia querer sair de Natal, muito menos pra morar em SP. “Tudo muito cinza, muita gente, muito violento”. E aqui estou eu, adorando.

Sobre muitas coisas achei que nunca ia mudar de opinião, pensava, aos 16 anos, que já era adulta e velha, hoje olho pra trás e vejo como eu era tola.

As coisas mudam e o cinza sempre pode virar azul.

3 pensamentos sobre “São, São Paulo

  1. o cotidiano tem dessa misturas. no meio do cinza um ponto colorido. no meio das cores um pouco de dores e tons menores…
    Que bom e que lindo que existe o azul na sua nova vida.
    e por aqui tudo continua amarelo ouro e azul infinito. =)
    Atualize mais esta budega. vou ficar olhando. 😀

  2. ” Eu prefiro ser essa Metamorfose ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo …”
    Agora é hora de olhar pra trás e poder dizer ” como eu cresci!” , sempre soube que você adoraria SP, agora absorva tudo que essa selva ai tem pra oferecer.
    amu tu … e espero te ver em breve ( ai ).

  3. Uma coisa que talvez você não tenha percebido é que aqui ficou pequeno demais para suas ‘Invencionices’! Então a partir de agora Sampa tem uma mente brilhante para ser aprimorada ainda mais!!! Mostre a esta ‘sua’ nova cidade o que podes fazer, uma menina de uma cidadezinha pequena, uma mulher com ideias geniais! Longe ou perto te gosto demais! :/ Saudades, muitas…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s